Eficácia comprovada dos Genéricos

Eficácia comprovada dos Genéricos

Apesar dos medicamentos genéricos já terem conquistado a confiança de boa parte da população brasileira, é natural que muitos consumidores ainda tenham dúvidas envolvendo eficácia, qualidade e preço.

O medicamento genérico é a cópia do medicamento de referência. Portanto, o processo de produção tende a ser mais simples, considerando que todas as etapas para o desenvolvimento de um medicamento inovador (que pode ser superior a 10 anos), envolvendo caracterização da molécula, pesquisa experimental, pesquisa pré-clínica, pesquisa clínica, desenvolvimento farmacotécnico e registro do medicamento, já foram realizadas.

As diferenças de preços decorrem das políticas comerciais de cada fabricante, distribuidores e varejista

Considerando que os preços de medicamentos no Brasil são controlados e os preços dos genéricos devem ser pelo menos 35% mais baratos do que os medicamentos de referência, o presidente executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma), Nelson Mussolini, diz que isto explica as diferenças de preço no segmento de genéricos.

“É simplesmente a grande concorrência entre as diversas empresas e os produtos disponíveis no mercado, em intensa disputa pela preferência dos consumidores.”

A importância da informação correta

Certamente, a desinformação por parte do consumidor é uma das razões para a desconfiança em relação aos genéricos. De forma incorreta, algumas pessoas utilizam o termo “genérico” para produtos falsificados e, portanto, ilegais. Produto ilegal não pode ser qualificado como genérico. Medicamento genérico é um produto legal e deve ser produzido conforme a legislação do segmento.

O medicamento genérico deve ser tão respeitado quanto os demais, considerando que há legislação específica para a sua produção que irá assegurar sua efetividade, qualidade e segurança na utilização.

Fonte: Guia da Farmácia

Deixe um comentário